sexta-feira, 31 de outubro de 2014

James Suckling divulga os vinhos eleitos para sua lista Top 100 de 2014!


Após realizar a degustação de mais de 10.000 vinhos ao longo de ano, James Suckling (e seu colega Nick Stock) acaba de divulgar sua lista Top 100 de 2014, ou seja, os melhores vinhos do ano. A seleção feita por ele baseia-se fundamentalmente em três fatores: suas avaliações (vinhos que obtiveram 96 pontos ou mais), produção de no mínimo 6.000 garrafas e o "Wow Factor", algo que poderia ser traduzido como vinhos que causaram uma emoção inesperada e impactante.

Veja a lista dos 100 vinhos escolhidos por Suckling em 2014:

1. Viña Cobos Malbec Perdriel Luján de Cuyo Cobos 2011 (ARG)
2. Penfolds Shiraz South Australia Grange Bin 95 2010 (AUS)
3. Masseto Toscana 2011 (ITA)
4. Château Guiraud Sauternes 2011 (FRA)
5. Peter Michael Winery Pinot Noir Fort Ross Seaview Sonoma County Le Caprice 2012 (EUA)
6. Domaine de Chevalier Blanc Pessac-Léognan 2011 (FRA)
7. Aldo Conterno Barolo Romirasco 2010 (ITA)
8. Felton Road Pinot Noir Central Otago Block 5 2010 (NZE)
9. Seña Valle de Aconcagua 2012 (CHI)
10. Champagne Billecart-Salmon Extra Brut 2006 (FRA)
11. Trinity Hill Syrah Hawke's Bay Homage 2010 (NZE)
12. Salon Champagne Brut Blanc De Blancs 2002 (FRA)
13. Elio Grasso Barolo Runcot Riserva 2008 (ITA)
14. Wendouree Cabernet Sauvignon Clare Valley 2012 (AUS)
15. Giacomo Conterno Barolo Cerretta 2010 (ITA)
16. Screaming Eagle Cabernet Sauvignon Napa Valley 2011 (EUA)
17. Chateau La Mission-Haut-Brion Pessac-Leognan Blanc 2011 (FRA)
18. Penfolds Shiraz South Australia St. Henri 2010 (AUS)
19. Kumeu River Estate Chardonnay Kumeu Mate's Vineyard 2011 (NZE)
20. Tua Rita Toscana Redigaffi 2012 (ITA)
21. Pavillon Blanc du Château Margaux Bordeaux 2011 (FRA)
22. Achaval Ferrer Malbec Luján de Cuyo Finca Bella Vista 2011 (ARG)
23. Roberto Voerzio Barolo Fossati Case Nere Reserve 10 Anni 2004 (ITA)
24. Vietti Barolo Villero Riserva 2007 (ITA)
25. Peter Michael Winery Chardonnay Knights Valley Ma Belle-Fille 2012 (EUA)
26. Bibi Graetz Toscana Testamatta 2011 (ITA)
27. Château d'Yquem Sauternes 2011 (FRA)
28. Clonakilla Shiraz Viognier Canberra District 2013 (AUS)
29. Larkmead Cabernet Sauvignon Napa Valley Solari 2010 (EUA)
30. Leeuwin Estate Chardonnay Margaret River Art Series 2010 (AUS)
31. Emiliana Valle de Colchagua Los Robles Estate Ge 2010 (CHI)
32. Araujo Estate Wines Cabernet Sauvignon Eisele Vineyard Napa Valley 2011 (EUA)
33. By Farr Pinot Noir Geelong Sangreal 2012 (AUS)
34. Montes Valle de Colchagua Purple Angel 2011 (CHI)
35. Zuccardi Malbec Altamira Valle de Uco Aluvional Altamira 2012 (ARG)
36. Tenuta Sette Ponti Toscana Oreno 2012 (ITA)
37. Viñedo Chadwick Valle del Maipo 2012 (CHI)
38. Dunn Vineyards Cabernet Sauvignon Napa Valley Howell Mountain 2010 (EUA)
39. San Polino Brunello di Montalcino Helichrysum 2009 (ITA)
40. Oakridge Chardonnay Yarra Valley 864 Willowlake 2012 (AUS)
41. Romano Dal Forno Amarone Della Valpolicella 2008 (ITA)
42. Renzo Marinai Chianti Classico Gran Selezione 2010 (ITA)
43. Henschke Shiraz Eden Valley Hill Of Grace Vineyard 2009 (AUS)
44. Riecine Toscana 2010 (ITA)
45. Viña Cobos Bramare Malbec Luján de Cuyo Marchiori Vineyard 2011 (ARG)
46. Penfolds Chardonnay South Australia Yattarna Bin 144 2012 (AUS)
47. Dandelion Vineyards Shiraz Red Queen Of The Eden Valley 2012 (AUS)
48. Pol Roger Champagne Sir Winston Churchill 2002 (FRA)
49. Peter Michael Winery Chardonnay Knights Valley Mon Plaisir 2012 (AUS)
50. Niepoort Douro Robustus 2009 (POR)
51. Cantina Terlan Alto Adige Porphyr Riserva 2011 (ITA)
52. Zenato Amarone Classico Della Valpolicella Sergio Zenato Riserva 2008 (ITA)
53. Roberto Voerzio Barolo La Serra 2010 (ITA)
54. San Fabiano Calcinaia Chianti Classico Cellole Gran Selezione Riserva 2010 (ITA)
55. Paul Hobbs Cabernet Sauvignon Saint Helena Napa Valley Beckstoffer Dr. Crane Vineyard 2010 (EUA)
56. Orma Toscana 2011 (ITA)
57. Cullen Wines Margaret River Diana Madeline 2012 (AUS)
58. Lapostolle Clos Apalta 2010 (CHI)
59. La Spinetta Barbaresco Vigneto Gallina 2010 (ITA)
60. Ciacci Piccolomini d'Aragona Brunello di Montalcino Vigna di Pianrosso Santa Caterina d'Oro Riserva 2007 (ITA)
61. Dana Estates Cabernet Sauvignon Howell Mountain Napa Valley Hershey Vineyard 2011 (EUA)
62. Peter Lehmann Riesling Eden Valley Wigan 2014 (AUS)
63. Fx Pichler Grüner Veltliner Smaragd Wachau Dürnsteiner Liebenberg 2012 (AUT)
64. Ferrari Trento Giulio Ferrari 2002 (ITA)
65. Catena Zapata Chardonnay Gualtallary Valle de Uco Adrianna Vineyards White Bones 2010 (ARG)
66. Foradori Teroldego Vigneti Delle Dolomiti Sgarzon 2012 (ITA)
67. Elio Altare Barolo Cerretta 2010 (ITA)
68. Colgin Napa Valley Cariad 2011 (EUA)
69. Renato Corino Barolo 2010 (ITA)
70. Shafer Vineyards Stags Leap District Napa Valley Hillside Select 2011 (EUA)
71. Il Palagio Toscana Sister Moon 2011 (ITA)
72. Petrolo Toscana Galatrona 2012 (ITA)
73. Marchesi Antinori Toscana Solaia 2011 (ITA)
74. Harlan Estate Napa Valley 2011 (EUA)
75. Pio Cesare Barbaresco Il Bricco 2010 (ITA)
76. Petrolo Sangiovese Val d'Arno di Sopra Bogginanfora 2012 (ITA)
77. Errazuriz Valle de Aconcagua Don Maxmiano Reserva 2012 (CHI)
78. Duemani Cabernet Franc Costa Toscana 2011 (ITA)
79. Marchesi di Barolo Barolo Coste Di Rose 2010 (ITA)
80. Alta Vista Valle de Uco Alto 2010 (ARG)
81. Tenuta di Biserno Toscana Biserno 2011 (ITA)
82. Montepeloso Toscana Gabbro 2011 (ITA)
83. Barone Ricasoli Chianti Classico Castello di Brolio Gran Selezione 2011 (ITA)
84. Ornellaia Bolgheri Superiore 2011 (ITA)
85. Damilano Barolo Cannubi 2010 (ITA)
86. Marchesi Antinori Umbria Cervaro Della Sala 2012 (ITA)
87. Concha Y Toro Cabernet Sauvignon Valle del Maipo Don Melchor Puente Alto 2010 (CHI)
88. Fontanafredda Barolo La Rosa 2010 (ITA)
89. Château Mouton-Rothschild Pauillac 2011 (FRA)
90. Pio Cesare Barolo Ornato 2010 (ITA)
91. Numanthia Toro Termanthia 2011 (ESP)
92. Cordero di Montezemolo Barolo Enrico Vi 2010 (ITA)
93. Cheval Des Andes Luján de Cuyo Las Compuertas 2011 (ARG)
94. Château Lafleur Pomerol 2011 (FRA)
95. Castello Dei Rampolla Toscana Sammarco 2010 (ITA)
96. Château Smith Haut Lafitte Blanc Pessac-Léognan 2011 (FRA)
97. Ceretto Barolo Bricco Rocche 2010 (ITA)
98. Cantina Terlano Alto Adige Terlaner I 2011 (ITA)
99. Château Suduiraut Sauternes 2011 (FRA)
100. Almaviva Puente Alto 2012 (CHI)

Para ver mais detalhes sobre cada um dos vinhos, acesse o link do site de James Suckling.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Direto da Taça: Denis Dubordieu Clos Floridene Rouge 2009, um Bordeaux de ótima relação preço x qualidade!

Clos Floridene Rouge 2009 e 2004 (em meia garrafa)

Em recente prova de vinhos elaborados pelo Domaine Denis Dubordieu, proprietária dos Châteaux Reynon, Haura, Clos Floridene, Cantegril e Doisy Daene, fiquei bastante satisfeito em observar a elevada qualidade dos brancos e tintos provados, todos eles na razoável faixa de preço entre R$60 e R$125 para o consumidor final.

Em minha avaliação geral da prova, o grande destaque ficou por conta do tinto Clos Floridene 2009, elaborado em Graves com um corte de 70% CS e 30% Merlot de vinhas jovens. Ele demonstrou aromas frescos e bastantes típicos de um jovem corte bordalês, com ótimo equilíbrio entre taninos, acidez e álcool, além de boa integração da  madeira usada em seu amadurecimento. Um vinho pronto para beber, mas que ganhará bastante com mais alguns anos de guarda.

A safra 2009 dispensa maiores comentários e poderia ser considerada a responsável pela qualidade observada neste vinho, mas a degustação conjunta com uma meia garrafa da safra 2004, bem menos expressiva e com maior evolução em decorrência de sua capacidade, deixou claro que o vinho vem de um excelente terroir em Graves.  

Considerando um preço de consumidor final de R$124,60 na loja virtual WineStore (Casa Flora), o Clos Floridene 2009 me parece ser uma das melhores compras entre os Bordeaux provados ao longo desse ano. Recomendo!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Wine Enthusiast Top 100 Cellar Selections 2014: veja a lista dos vinhos que você deveria comprar e guardar em sua adega!

As grandes compras do ano: Wine Enthusiast Top 100 Cellar Selections 2014

Além de divulgar anualmente uma grande seleção de vinhos "Best Buys", a revista americana Wine Enthusiast também escolhe os vinhos "Cellar Selections", ou seja, os novos rótulos e safras que estão chegando ao mercado e que merecem ser cuidadosamente guardados em nossas adegas até o momento ideal de serem degustados. A espera promete trazer ótimas recompensas!  

A lista deste ano é encabeçada (merecidamente) por dois Barolos da magnífica safra 2010 (Paolo Scavino Bric dël Fiasc e Giuseppe Rinaldi Brunate), seguidos por outros 98 grandes vinhos oriundos de 12 países distintos. Ainda que o inegável "bairrismo" da revista faça com que a lista seja dominada por 34 vinhos dos EUA, seguidos por 22 rótulos franceses e 20 italianos, ela é de grande valia para qualquer enófilo. 

Veja a lista completa em PDF, pronta para fazer o download e consultar antes de suas próximas compras:

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Direto da Taça: Remirez de Ganuza Gran Reserva 2004 x Clos Mogador 2004, um embate entre dois gigantes da Rioja e do Priorato!

Remirez de Ganuza Gran Reserva 2004 (Rioja) x Clos Mogador 2004 (Priorato)

Ao lado de outros rótulos famosos como Pingus, Contador, El Pison, Aalto PS, l'Ermita e Clos Erasmus, esses dois vinhos fazem parte do "Olimpo" da moderna enologia da Espanha, ganhando muita notoriedade internacional graças às altas pontuações recebidas pela crítica especializada.

Passados 10 anos da elaboração destes dois vinhos da safra 2004, uma das melhores em anos recentes nas principais zonas produtoras espanholas, o Remirez de Ganuza Gran Reserva e o Clos Mogador foram degustados lado a lado para descobrirmos como eles evoluíram e se eles fazem jus aos grandes elogios recebidos ao longo desse tempo.

Remirez de Ganuza Gran Reserva 2004 

Degustar um vinho que mereceu o escore máximo da Wine Advocate (100 pontos) é sempre um momento cercado de expectativas, mas eu já tinha uma boa ideia do que iria encontrar na taça. Confirmando as características esperadas, o vinho mostrou uma altíssima concentração de frutas maduras, ainda fechado no nariz (aromas primários), com taninos potentes e macios, acidez mediana e final de boca muito intenso. 

Considerando que se trata de um vinho de Rioja (90% Tempranillo e 10% Graciano) e classificado como Gran Reserva (53 meses em barricas novas de carvalho francês e americano + 36 meses na garrafa), confesso que ele não me impressionou muito, deixando passar longe a tipicidade da Rioja, uma região que me é tão cara e apreciada. Na essência, pareceu-me apenas um grande vinho que poderia ser feito em qualquer lugar propício à viticultura no mundo, mas que carece de personalidade própria.

Clos Mogador 2004 

Comparativamente com os vinhos da Rioja, os tintos do Priorato levam uma certa "vantagem" por já terem nascido modernos. Elaborado com um blend peculiar que reúne as locais Garnacha e Cariñena, e as internacionais Cabernet Sauvignon e Shiraz, o Clos Mogador apresentou-se de maneira um pouco distinta daquela que esperava e que vinha observando em provas recentes de tintos da região.

Graças a competência e genialidade do enólogo René Barbier, esse Clos Mogador não abriu mão da robustez e exuberância de um tinto elaborado com uvas muito maduras e concentradas, mas conseguiu conciliar esse poderio de fruta com uma acidez refinada e grande fragrância aromática, exalando notas de frutas negras, toques de lavanda e grafite. Honrou com louvou as melhores características dos vinhos do Priorato, capaz de agradar os paladares modernos e satisfazer aqueles que buscam vinhos mais elegantes e complexos.

De maneira geral, as minhas impressões e dos dois degustadores que me acompanharam na prova, levou a um resultado unânime, onde o Clos Mogador saiu-se melhor que o Remirez de Ganuza, especialmente no quesito acidez e tipicidade. Mas isso é apenas a avaliação de quem dá ênfase ao refinamento e complexidade nos vinhos. Para os fãs de vinhos encorpados e com grande concentração de fruta, a percepção pode ser bem diferente.

domingo, 26 de outubro de 2014

Gambero Rosso Tre Bicchieri 2015: os melhores vinhos do Piemonte e Toscana!

Conheça os melhores vinhos do Piemonte e Toscana segundo o Gambero Rosso 2015

Finalizando a divulgação anual dos vinhos premiados com Tre Bicchieri, a honraria máxima concedida pelo prestigiado guia Gambero Rosso para os melhores vinhos da Itália, seguem os rótulos selecionados nas regiões mais importantes do país: a Toscana e o Piemonte, com destaque especial para Barolos e Barbarescos da safra 2010.

Piemonte
Alta Langa Brut Zero Sboccatura Tardiva Cantina Maestra 2008 Enrico Serafino
Barbaresco Crichët Pajé 2005 I Paglieri - Roagna
Barbaresco Currà 2010 Sottimano
Barbaresco Gallina 2011 La Spinetta
Barbaresco Ovello Ris. 2009 Produttori del Barbaresco
Barbaresco Ovello V. Loreto 2011 Albino Rocca
Barbaresco Pora 2010 Ca' del Baio
Barbaresco Rabajà 2011 Bruno Rocca
Barbaresco Rabajà 2011 Giuseppe Cortese
Barbaresco Rombone 2010 Florenzo Nada
Barbaresco S. Stunet 2011 Piero Busso
Barbaresco Serraboella 2010 F.lli Cigliuti
Barbera d'Alba Bric du Luv 2012 Ca' Viola
Barbera d'Alba Vittoria 2011 Gianfranco Alessandria
Barbera d'Asti Bricco dell'Uccellone 2012 Braida
Barbera d'Asti Pomorosso 2011 Coppo
Barbera d'Asti Sup. Nizza 2011 Tenuta Olim Bauda
Barbera d'Asti Sup. Nizza Acsé 2011 Scrimaglio
Barbera d'Asti Sup. Nizza Le Nicchie 2011 La Gironda
Barbera d'Asti Sup. Nizza V. Dell'Angelo 2011 Cascina La Barbatella
Barbera d'Asti Sup. V. La Mandorla 2012 Luigi Spertino
Barbera del M.to Sup. Barabba 2010 Iuli
Barbera del M.to Sup. Bricco Battista 2011 Giulio Accornero e Figli
Barolo 2010 Bartolo Mascarello
Barolo 2010 Cascina Fontana
Barolo Arborina 2010 Mauro Veglio
Barolo Brea V. Ca' Mia 2010 Brovia
Barolo Bricco delle Viole 2010 G. D. Vajra
Barolo Bricco Manzoni 2010 Silvio Grasso
Barolo Bricco Pernice 2009 Elvio Cogno
Barolo Broglio Ris. 2008 Schiavenza
Barolo Brunate 2010 Damilano
Barolo Bussia Romirasco 2010 Aldo Conterno
Barolo Bussia V. Mondoca Ris. 2008 Poderi e Cantine Oddero
Barolo Cannubi 2010 Marchesi di Barolo
Barolo Cannubi 2010 E. Pira & Figli - Chiara Boschis
Barolo Cannubi 2010 Poderi Luigi Einaudi
Barolo Cannubi Boschis 2010 Luciano Sandrone
Barolo Cerequio 2010 Michele Chiarlo
Barolo Francia 2010 Giacomo Conterno
Barolo Ginestra 2010 Paolo Conterno
Barolo Gramolere 2010 F.lli Alessandria
Barolo Lazzarito Ris. 2008 Ettore Germano
Barolo Le Rocche del Falletto Ris. 2008 Bruno Giacosa
Barolo Monprivato 2009 Giuseppe Mascarello e Figlio
Barolo Monvigliero 2009 Bel Colle
Barolo Monvigliero 2010 G. B. Burlotto
Barolo Ornato 2010 Pio Cesare
Barolo Resa 56 2010 Brandini
Barolo Rocche dell'Annunziata 2010 Renato Corino
Barolo Rocche dell'Annunziata Ris. 2008 Paolo Scavino
Barolo Serra 2010 Giovanni Rosso
Barolo V. Rionda Ris. 2008 Massolino
Barolo Villero Ris. 2007 Vietti
Boca 2010 Le Piane
Bramaterra 2010 Odilio Antoniotti
Bricco Maiolica Nebbiolo d'Alba Cumot 2011
Carema Et. Nera 2009 Ferrando
Colli Tortonesi Barbera Elisa 2011 La Colombera
Colli Tortonesi Timorasso Fausto 2012 Vigne Marina Coppi
Colli Tortonesi Timorasso Martin 2012 Franco M. Martinetti
Colli Tortonesi Timorasso Pitasso 2012 Claudio Mariotto
Costa del Vento 2012 Vigneti Massa
Dogliani Papà Celso 2013 Abbona
Dogliani Sup. San Bernardo 2011 Anna Maria Abbona
Dolcetto di Ovada Sup. Du Riva 2011 Luigi Tacchino
Erbaluce di Caluso La Rustìa 2013 Orsolani
Erbaluce di Caluso Le Chiusure 2013 Favaro
Fantino Barolo Sorì Ginestra 2010 Conterno
Gattinara Osso S. Grato 2010 Antoniolo
Gavi del Comune di Gavi Monterotondo 2012 Villa Sparina
Gavi del Comune di Gavi Bruno Broglia 2012 Vitivinicola Broglia
Ghemme 2010 Torraccia del Piantavigna
Langhe Larigi 2012 Elio Altare
Langhe Nebbiolo Sorì Tildin 2011 Gaja
Roero Gepin 2010 Stefanino Costa
Roero Giovanni Almondo Ris. 2011 Giovanni Almondo
Roero Mombeltramo Ris. 2010 Malvirà
Roero Printi Ris. 2010 Monchiero Carbone

Toscana
Baffo Nero 2012 Rocca di Frassinello
Bolgheri Rosso Sup. 2011 Podere Sapaio
Bolgheri Rosso Sup. Millepassi 2011 Donna Olimpia 1898
Bolgheri Sassicaia 2011 Tenuta San Guido
Bolgheri Sup. 2011 Tenuta Argentiera
Bolgheri Sup. L'Alberello 2011 Podere Grattamacco
Bolgheri Sup. Sondraia 2011 Poggio al Tesoro
Brunello di Montalcino 2009 Baricci
Brunello di Montalcino 2009 Biondi Santi - Tenuta Il Greppo
Brunello di Montalcino 2009 Casanova di Neri
Brunello di Montalcino 2009 Donna Olga
Brunello di Montalcino 2009 La Cerbaiola
Brunello di Montalcino 2009 Pietroso
Brunello di Montalcino Altero 2009 Poggio Antico
Brunello di Montalcino Ris. 2008 Caprili
Brunello di Montalcino V. Loreto 2009 Mastrojanni
Brunello di Montalcino V. Manapetra 2009 La Lecciaia
Carmignano Ris. 2011 Piaggia
Chianti Cl. 2011 Val delle Corti
Chianti Cl. 2012 Badia a Coltibuono
Chianti Cl. 2012 Bandini - Villa Pomona
Chianti Cl. Ama 2011 Castello di Ama
Chianti Cl. Baron'Ugo Ris. 2010 Monteraponi
Chianti Cl. Castello di Radda Ris. 2011 Castello di Radda
Chianti Cl. Colledilà Gran Sel. 2011 Barone Ricasoli
Chianti Cl. Il Grigio da San Felice Gran Sel. 2010 San Felice
Chianti Cl. Il Solatio Gran Sel. 2010 Castello d'Albola
Chianti Cl. Ris. 2011 Brancaia
Chianti Cl. Ris. 2011 Castello di Monsanto
Chianti Cl. Ris. 2011 Fattoria Nittardi
Chianti Cl. Ris. Gran Sel. 2010 Tenuta di Lilliano
Chianti Cl. V. Casi Ris. 2011 Castello di Meleto
Chianti Cl. Vign. di Campolungo Gran Sel. 2010 Lamole di Lamole
Chianti Cl. Vigna La Prima Gran Sel. 2010 Castello di Vicchiomaggio
Chianti Rufina V. V. Ris. 2011 Marchesi de' Frescobaldi
Coevo 2011 Famiglia Cecchi
Colline Lucchesi Tenuta di Valgiano 2011 Tenuta di Valgiano
Cortona Syrah 2011 Stefano Amerighi
Cortona Syrah Il Castagno 2011 Fabrizio Dionisio
Fontalpino Do ut des 2011 Fattoria Carpineta
Galatrona 2011 Fattoria Petrolo
I Sodi di S. Niccolò 2010 Castellare di Castellina
Il Brecciolino 2011 Castelvecchio
La Querce 2011 Le Querce
Le Pergole Torte 2011 Montevertine
Lupicaia 2010 Castello del Terriccio
Masseto 2011 Tenuta dell'Ornellaia
Montecucco Sangiovese Lombrone Ris. 2010 Colle Massari
Morellino di Scansano 2012 Poggio Trevvalle
Morellino di Scansano Calestaia Ris. 2010 Roccapesta
Morellino di Scansano Madrechiesa Ris. 2011 Terenzi
Nobile di Montepulciano 2011 Podere Le Berne
Nobile di Montepulciano 2011 Tenute del Cerro
Nobile di Montepulciano Asinone 2011 Poliziano
Nobile di Montepulciano Nocio dei Boscarelli 2010 Poderi Boscarelli
Nobile di Montepulciano Salco 2010 Salcheto
Oreno 2011 Tenuta Sette Ponti
Orma 2011 Podere Orma
Paleo Rosso 2011 Le Macchiole
Petra Rosso 2011 Petra
Picconero 2010 Tolaini
Poggiassai 2011 Poggio Bonelli
Poggio ai Chiari 2007 Colle Santa Mustiola
Poggio alle Nane 2011 Tenuta Le Mortelle
Rocca di Frassinello 2012 Rocca di Frassinello
Rosso di Montalcino 2010 Stella di Campalto - Podere San Giuseppe
Rossole 2012 Borgo Salcetino
Siepi 2011 Castello di Fonterutoli
Vernaccia di S. Gimignano Albereta Ris. 2011 Il Colombaio di Santa Chiara
Vernaccia di S. Gimignano Tradizionale 2012 Montenidoli
Vin Santo di Carmignano Ris. 2007 Tenuta di Capezzana

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Vídeo: Por dentro da majestosa adega de mais de 500 mil garrafas do Hôtel de Paris em Mônaco!

Nem todo enófilo pode visitá-la, mas pode passear 10 minutos 
(em vídeo) por dentro dela...

Eu já havia falado meses sobre essa incrível adega subterrânea do Hôtel de Paris, localizado no Principado de Mônaco, que atende especialmente os pedidos dos clientes de seus dois restaurantes estrelados no Guide Michelin (um deles, o 3 estrelas Le Louis XV do chef Alain Ducasse), mas não há nada melhor que as imagens de seu interior e conteúdo para dar a real dimensão de seu esplendor.

Acompanhe o sommelier-chefe Patrice Frank nestes dois vídeos que totalizam pouco mais de 10 minutos e deslumbre-se com a quantidade e a qualidade dos vinhos que ela abriga... Assista sentado! 




quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Coleção com quase 2.500 garrafas de vinho de advogado americano pode ser condenada a ir para o ralo!


Um advogado da Filadélfia está lutando contra as autoridades do estado da Pensilvânia para evitar a destruição das 2.447 garrafas de vinhos de sua coleção, apreendida no início deste ano.

Arthur Goldman foi acusado pela polícia de revender ilegalmente vinhos e infringir as rigorosas leis de comércio de bebidas alcoólicas da Pensilvânia. Segundo as autoridades, Goldman vendia vinhos para um pequeno grupo de enófilos quando foi flagrado por policiais à paisana.

O desafortunado Goldman aceitou uma pena de 300 horas de serviço comunitário e dois anos de liberdade condicional, mas está lutando arduamente para preservar sua coleção, repleta de grandes rótulos, especialmente dos EUA.

De acordo com um porta-voz do escritório do procurador-geral do estado da Pensilvânia, responsável pelo inusitado caso, as opções legais para a destinação desses vinhos são mesmo a total destruição ou a "doação para um hospital" (vou me internar nele...).

A Pensilvânia é o único estado dos EUA, além de Utah, que controla todas as operações com bebidas alcoólicas, levando os moradores a comprar seus vinhos, cervejas e destilados em lojas ou vinícolas do estado.

Fonte: The Drinks Business

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Painel de Degustação: Supertoscanos 2004 a 2006, uma surpreendente queda de ícones e um empate ao final...

Supertoscanos 2004, 2005 e 2006, um painel cheio de surpresas...

Como inevitavelmente acontece em degustações às cegas, a avaliação comparativa costuma deixar alguns vinhos consagrados fora da posição esperada pelos degustadores, especialmente se considerarmos também as avaliações prévias feitas pela crítica especializada.

O último painel de degustação da Desconfraria, "Supertoscanos 2004 a 2006", não foi diferente e confirmou mais uma vez essa "regrinha" que sempre faz estragos diante de alguns grandes rótulos, deixando dois dos grandes nomes desse segmento (Sassicaia e Tignanello) entre as três últimas posições da prova.

Antes de falar mais sobre o resultado do painel de Supertoscanos, vale a pena explanar um pouco sobre sua curiosa origem nesta belíssima região da Itália Central.

Os Supertoscanos surgiram efetivamente para o mundo em 1971, ano de lançamento do Tignanello (ainda que o Sassicaia já existisse de modo restrito ao consumo familiar dos Antinori desde os anos 1940) e causaram um rebuliço no tradicional modelo de vinificação da região.

Inicialmente, isso se devia a inserção de castas estrangeiras na elaboração dos vinhos, evoluindo para o uso das barricas de carvalho francês novo (em detrimento dos grandes botti tradicionais) e de outras técnicas que feriam as rígidas normas das DOC's locais. Esse desrespeito às normas levou esses vinhos para o nível mais baixo da classificação: Vino di Tavola, convertida mais tarde em IGT (Indicazione Geografica Tipica).

Apesar de tudo isso, a qualidade dos vinhos falou mais alto e o sucesso dos "Supertoscanos" estimulou que novos rótulos surgissem e conquistassem o mercado. Atualmente, mesmo com alterações nas regras das denominações de origem que possibilitariam a alguns desses vinhos se enquadrar nas DOC's da Toscana, eles preferem manter-se sob esse manto de liberdade de expressão.

De um modo resumido, quando falamos de um Supertoscano, estamos nos referindo a um vinho com um estilo de aromas muito fragrante, denso e poderoso, com taninos firmes, bem maduros e amadurecimento em carvalho novo francês.

Voltando ao nosso painel, ele reuniu oito vinhos distintos e nos trouxe algumas grandes surpresas (ou decepções) na hora de estabelecermos nossa classificação final. Veja quais foram os vinhos, inclusive suas avaliações prévias e composições individuais:

8º lugar: Argentiera Bolgheri Superiore 2006 (WS91)
50% Cabernet Sauvignon, 40% Merlot e 10% Cabernet Franc

7º lugar: Sassicaia 2006 (RP97/WS94)
85% Cabernet Sauvignon e 15% Cabernet Franc

6º lugar: Antinori Tignanello 2004 (WS94)
85% Sangiovese, 10% Cabernet Sauvignon e 5% Cabernet Franc

5º lugar: Col d'Orcia Nearco 2004 (WS87)
50 % Merlot, 30% Cabernet Sauvignon e 20% Syrah

4º lugar: Le Serre Nuove dell'Ornellaia 2004 (WS90)
40% Cabernet Sauvignon, 40% Merlot, 15% Cabernet Franc e 5% Petit Verdot

3º lugar: Castello Banfi Excelsus 2004 (WE93)
60% Cabernet Sauvignon e 40% Merlot

1º lugar (empate de dois vinhos):
Castellare I Sodi di San Niccolò 2004 (WS94)
85% Sangioveto e 15% Malvasia Nera
La Massa Giorgio Primo 2006 (RP94/WS94)
30% Merlot, 30% Sangiovese, 30% Cabernet Sauvignon e 10% Petit Verdot

No final desta semana teremos mais um interessante painel de vinhos italianos: Piemonte 1999 a 2001, certamente repleto de ótimos Barolos e Barbarescos. Fiquem de olho!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Wine Enthusiast Top 100 Best Buys 2014: veja a lista dos vinhos que melhor harmonizam preço e qualidade!

As boas compras do ano: Wine Enthusiast Top 100 Best Buys 2014

Como acontece todos os anos nesta época, a revista americana Wine Enthusiast divulga sua seleção de vinhos Best Buys, ou seja, rótulos cujos preços de varejo (nos EUA) são iguais ou inferiores aos US$15, que melhor se qualificaram entre os todos os vinhos degustados ao longo do ano pela equipe da WE. 

A lista deste ano é encabeçada por um branco da região do Vinho Verde em Portugal, seguido por outros 99 vinhos oriundos de nada menos que 17 países diferentes, repetindo o recorde do ano passado e demonstrando como nessa categoria de vinhos as escolhas são bastante diversificadas e democráticas.

Veja a lista completa em PDF, pronta para fazer o download e consultar antes de suas próximas compras:


domingo, 19 de outubro de 2014

Humor: Entre em forma para o verão e pratique "Pilates for Wine Lovers"!

Se você não gostou de se exercitar com o famoso "Yoga for Wine Lovers", experimente essa nova modalidade de Pilates desenvolvida especialmente para nós, amantes de um bom vinho...