sexta-feira, 20 de maio de 2011

Direto da Taça: Santa Rita Casa Real Cabernet Sauvignon 1997


Para fechar com chave de ouro a primeira reunião da Confraria Grand Cru Vitória, apresentei para os participantes um ícone do Chile: o Santa Rita Casa Real 1997, um vinho já com 14 anos de idade, aberto justamente para demonstrar a capacidade de amadurecimento dos melhores vinhos do Chile.
O Casa Real é o vinho de excelência da vinícola Santa Rita, um tinto que dependee de safras extraordinárias para ser elaborado, sendo constituído por 70% de características do terroir e 30% pelo estilo de vinificação, que procura confecionar um tinto comparável aos grandes vinhos de Bordeaux. Produzido pela primeira vez em 1989, tem como safras mais recentes as de 2001, 2002, 2004, 2005 e o recém-lançado 2007.
Os frutos selecionados para o Casa Real são colhidos manualmente de vinhas com mais de 50 anos de idade, localizadas em Alto Jahuel, no Vale do Maipo, a área mais nobre para a Cabernet Sauvignon no Chile. Todo o esmero e atenção são dedicados a este 100% CS que após cuidadosa e lenta fermentação, amadureceu 15 meses em barricas novas de carvalho francês.

Impressões de degustação:
Rubi médio, com halo alaranjado que denunciava sua idade. No olfato, mostrou grande complexidade, com aromas de couro úmido, torrefação e defumados, complementados por notas de chocolate amargo e especiarias. Na boca, taninos elegantes e bastante polidos, corpo médio e acidez equilibrada, final longo e refinado. Um vinho já próximo de seu limiar e que adquiriu grande complexidade em pouco mais de uma década de vida. Para beber já! Nota: 91 pontos (Grand Cru. R$390).
Postar um comentário